MILITARES DE PORTUGAL
Caro visitante/caro membro,desde já lhe dou as boas vindas a este fórum (que se encontra em construção) de homenagem às Forças Armadas Portuguesas e a todos os seus ex e actuais valorosos militares que asseguraram e asseguram a independência deste nosso Portugal.Tem ainda como finalidade,proporcionar a transmissão de conhecimentos entre as várias gerações de militares bem como pretende ser um espaço de convivio entre as mesmas.Espero que disfrute deste espaço e que o mesmo seja do seu agrado pois ele também é seu.
Um bem haja.

MILITARES DE PORTUGAL

FORÚM DE HOMENAGEM ÁS FORÇAS ARMADAS PORTUGUESAS
 
InícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Centro de Tropas de Operações Especiais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
NE
Admin
Admin


Mensagens : 110
Data de inscrição : 21/05/2009
Idade : 43
Localização : Margem Sul

MensagemAssunto: Centro de Tropas de Operações Especiais   Dom Jul 26, 2009 10:01 pm



Armas
Escudo de vermelho, um leopardo de oiro lampassante do primeiro segurando na garra dianteira dextra, uma espada de prata.
Elmo militar, de prata, forrada de vermelho, a três quartos para a dextra.
Correia de vermelho perfilada de oiro.
Paquife e virol de vermelho e de oiro.
Timbre: Um crescente de vermelho sustendo um leopardo rampante saínte de oiro, lampassado e armado do primeiro, segurando na garra dianteira dextra uma espada de prata.
Divisa: Num listel de branco, ondulado sotoposto ao escudo, em letras de negro elzevir, «QUE OS MUITOS POR SER POUCOS NAM TEMAMOS».

Simbologia e Alusão das Peças
O LEOPARDO, símbolo da casta guerreira, que como hábil caçador alia à ferocidade a astúcia e a destreza, representa o garbo, a firmeza e a força.
A ESPADA, símbolo de classe militar, evoca a bravura e representa o poder de, separando o bem do mal, destruir a preversidade e a ignorância e construir a justiça e a paz.
O CRESCENTE, símbolo das antigas lutas de Reconquista, alude à arábica Lamico ou Lameca que, após 400 anos de sujeição ao valiato de Badajoz, passou definitivamente para a posse da Cristandade depois de assediada pelo rei Fernando Magno.


Os Esmaltes Significam
O OIRO, nobreza e firmeza.
A PRATA, pureza e humildade.
O VERMELHO, valentia e audácia.



RESENHA HISTÓRICA DO CTOE :

O CENTRO DE INSTRUÇÃO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS, HERDEIRO DAS TRADIÇÕES HISTÓRICAS DO REGIMENTO DE INFANTARIA Nº9 (1839) FOI CRIADO A 16 DE ABRIL DE 1960 (DL 42926) PARA GARANTIR A FORMAÇÃO DE UNIDADES VOCACIONADAS PARA A CONTRA-GUERRILHA, OPERAÇÕES PSICOLÓGICAS E MONTANHISMO.INICIANDO A FORMAÇÃO ATRAVÉS DE CURSOS E ESTÁGIOS DE CAÇADORES ESPECIAIS E ESTÁGIOS DE CONTRA-INSSURREIÇÃO, FOI MINISTRADA INSTRUÇÃO DE CONTRA-SUBVERSÃO, CONTRA-GUERRILHA, OPERAÇÕES DE EMBOSCADA, GOLPE DE MÃO, CERCO E LIMPEZA, ACÇÃO PSICOL�GICA E ASSUNTOS CIVIS.ANTES DOS PRIMEIROS ACTOS DE SUBLEVAÇÃO EM ANGOLA, SÃO MOBILIZADAS NO BC 5 AS PRIMEIRAS UNIDADES DE CAÇADORES ESPECIAIS (CCAÇ ESP 60, 61 E 62) QUE TERMINAM A INSTRUÇÃO NO CIOE E EMBARCAM A 10 JUN 60 PARA O TEATRO DE OPERAÇÕES DE ANGOLA. OS CURSOS DE OPERAÇÕES ESPECIAIS INICIARAM-SE EM 1963 PARA GARANTIR A FORMAÇÃO DE SUB-UNIDADES NAS ÁREAS DA CONTRA-SUBVERSÃO E CONTRA-GUERRILHA, GARANTINDO-SE SIMULTANEAMENTE A ELABORAÇÃO DE DOUTRINA E A ACTUALIZAÇÃO DAS TÉCNICAS NESTAS ÁREAS. EM 9 DE AGOSTO DE 1975, O CIOE FOI TRANSFORMADO EM ESCOLA DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS, FICANDO COM A MISSÃO DE MINISTRAR A PRIMEIRA PARTE DOS CURSOS DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS, CUJO PRIMEIRO CURSO TEVE INICIO EM 7 DE FEVEREIRO DE 1977. DESDE ESSA DATA ATÉ AGOSTO DE 1981 A UNIDADE FORMOU 1111 SARGENTOS PARA AS DIVERSAS ARMAS E SERVIÇOS DO EXÉRCITO, CONTINUANDO EM SIMULTÂNEO A MINISTRAR O CURSO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS A OFICIAIS E SARGENTOS DOS QUADROS PERMANENTES E COMPLEMENTO.EM 1 DE FEVEREIRO DE 1981, POR DESPACHO DO GENERAL CHEFE DO ESTADO MAIOR DO EXÉRCITO, VOLTOU ESTA UNIDADE À SUA ANTERIOR DESIGNAÇÃO DE CENTRO DE INSTRUÇÃO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS, RECEBENDO NOVA MISSÃO, SIMILAR À ESTABELECIDA ANTERIORMENTE. POREM, O DESPACHO Nº 37/88 DE 26 DE ABRIL DO CEME, GENERAL MÁRIO FIRMINO MIGUEL QUE SÃO DEFINIDAS COM EXACTIDÃO AS MISSÕES DA UNIDADE. ESTE DESPACHO DETERMINA AS ACÇÕES A DESENVOLVER NA ÁREA DAS OPERAÇÕES NÃO CONVENCIONAIS, INSTRUINDO QUADROS E TROPAS DE OPERAÇÕES ESPECIAIS PARA ACTUAREM COM UM ELEVADO GRAU DE INDEPENDÊNCIA E CUMPRIREM MISSÕES DE GRANDE DIFICULDADE E RISCO, COMO MINISTRAR O CURSO DE OPERAÇÕES IRREGULARES A TODOS OS OFICIAIS E SARGENTOS DO QUADRO PERMANENTE DO EXÉRCITO E EXTENSIVEL AOS OUTROS RAMOS DAS FA.CONFORME SUPERIORMENTE APROVADO PASSA A INTEGRAR ENCARGO OPERACIONAL NO AMBITO DA OTAN E DEFESA DO TERRITÓRIO NACIONAL DESENVOLVENDO EM SIMULTÂNEO DOUTRINA NA ÁREA DAS NOVAS AMEAÇAS COMO O TERRORISMO. EM 01 DE JULHO DE 2006, EM VIRTUDE DO PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DO EXÉRCITO, MATERIALIZADO NO DL Nº 61/2006, DE 21 DE MARÇO E POR DESPACHO Nº 12555/2006 DE 24 DE MAIO DE 2006, DO MINISTRO DA DEFESA NACIONAL, PASSA A DESIGNAR-SE POR CENTRO DE TROPAS DE OPERAÇÕES ESPECIAIS (CTOE). NO ÂMBITO DA MESMA REESTRUTURAÇÃO, PASSA A INTEGRAR A BRIGADA DE REACÇÃO RÁPIDA (BRIGRR) CONTINUANDO A TER A RESPONSABILIDADE PELA FORMAÇÃO DE MILITARES NA ÁREA DAS OPERAÇÕES NÃO CONVENCIONAIS E A APRONTAR AS FORÇAS DE OPERAÇÕES ESPECIAIS.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://militaresportugal.forumeiros.com
 
Centro de Tropas de Operações Especiais
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Juniorcarolino- Figurinhas repetidas 17/11 acres. algumas especiais!!
» Centro Musical Do Condado De Los Angeles
» IV Exposição de plastimodelismo de Maringá/PR - 11 e 12 de Setem
» Atraso dos Correios - Ministério Público Federal de olho!!!
» Boeing 737-200 TAME

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
MILITARES DE PORTUGAL :: Tropas Especiais :: Operações Especiais-
Ir para: